Olaaáa, seja ben vindo ao espaço que o Senhor nos deu, entre e esteja a vontade, por favor, deixe seu comentário e ou sugestão ou mesmo algum pedido que tenhas, certamente o responderemos com a direção do Senhor, heei, também podes fazer-te seguidor, se queres claro.

Que o Senhor o Abençoe.

Abramos óh Igreja, nossos ouvidos.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

CASAMENTOS MIXTOS ou MISTOS?


Misturas erradas


Deus vê o casamento como a união de duas pessoas que se tornam uma só. A escolha de parceiros torna-se muito importante, visto que cada um irá identificar-se com o outro em sua união. O Senhor advertiu os judeus com dureza sobre os casamentos mistos por causa da tendência desta mistura resultar em compromissos perigosos e até mesmo no abandono trágico do compromisso com o Senhor, Malaquias, contemporâneo de Neemias, falou específicamente contra esse tipo de casamento (Ml 2.11 - Judá tem sido desleal, e abominação se cometeu em Israel e em Jerusalém; porque Judá profanou o santuário do SENHOR, o qual ele ama, e se casou com a filha de deus estranho.). 

 
Na história de Israel, o casamento entre pessoas de diferentes crenças ou mesmo raças com frequência, levou à adoração de outros deuses. O sábio rei Salomão governou sobre todas as coisas com sabedoria, menos em seu coração.

Suas setecentas esposas e trezentas concubinas não apenas continuaram a adorar seus falsos deuses como também levaram o rei a adorar suas divindades pagãs, para não dizer no grande estrago causado em todo o País, pois nunca mais Israel foi o mesmo para com o Senhor seu Deus.

No Livro de Neemias, o fim de Jerusalém está ligado diretamente aos casamentos mistos, especialmente de Tobias e de Sambalate, que se opunham à reconstrução dos muros da cidade
(Ne 6.17,18 - Também naqueles dias alguns nobres de Judá escreveram muitas cartas que iam para Tobias; e as cartas de Tobias vinham para eles.

Porque muitos em Judá lhe eram ajuramentados, porque era genro de Secanias filho de Ará; e seu filho Joanã se casara com a filha de Mesulão, filho de Berequias.


Neemias 13.28 - Também um dos filhos de Joiada, filho de Eliasibe, o sumo sacerdote, era genro de Sambalate, o horonita, por isso o afugentei de mim.)

Visto que os casamento eram arranjados pelos pais, Neemias e outros líderes antes e depois dele, advertiram os  pais específicamente para que não conduzissem seus filhos a uniões com pagãos.

O que levava os hebreus a se casar com pessoas de outra fé?

Geralmente, os pagãos das terras nas quais eles foram habitar eram tradicionais propietários de terras e comerciantes. Grande parte da tendência de arranjar casamentos mistos não se baseavam em amor, romance nem qualquer outra intenção, senão a de melhorar a situação econômica e social da família.

O profeta Malaquias falou energicamente contra homens hebreus que se divorciavam da esposa hebréia para se casarem com uma “adoradora de deus estranho” veja:
Ml 2.11,16 - Judá tem sido desleal, e abominação se cometeu em Israel e em Jerusalém; porque Judá profanou o santuário do SENHOR, o qual ele ama, e se casou com a filha de deus estranho.


O SENHOR destruirá das tendas de Jacó o homem que fizer isto, o que vela, e o que responde, e o que apresenta uma oferta ao SENHOR dos Exércitos.

Ainda fazeis isto outra vez, cobrindo o altar do SENHOR de lágrimas, com choro e com gemidos; de sorte que ele não olha mais para a oferta, nem a aceitará com prazer da vossa mão.
E dizeis: Por quê? Porque o SENHOR foi testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira, e a mulher da tua aliança.

E não fez ele somente um, ainda que lhe sobrava o espírito? E por que somente um? Ele buscava uma descendência para Deus. Portanto guardai-vos em vosso espírito, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade.

Porque o SENHOR, o Deus de Israel diz que odeia o repúdio, e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o SENHOR dos Exércitos; portanto guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais.


O perigo do casamento misto ia além da dissipação da fé, do desvio da obediência estrita e da adoração pura ao único e verdadeiro Deus. Geralmente acarretava a perda do conhecimento da língua, do pensamento, da visão de mundo e da expressão cultural mais básica, inclusive para acesso às Escrituras.

Casamentos mistos tornaram vulgares e, por fim, adulteraram completamente a “identidade nacional”, destruindo a obediência às leis de Deus, o código moral do povo hebreu. Assim, ao se casarem com pessoas de outra fé, o povo de Deus destruiu sua própria identidade e maculou sua condição favorecida, que desfrutara como o “povo de Deus”.

No Novo Testamento, os crentes também são advertidos para que não se casem com pessoas de outra fé
(I Co 7.39 - A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas, se falecer o seu marido fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor.


II Co 6.14 - Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?).


Esses casamentos são especialmente problemáticos e têm a tendência de fracassar quando os dois cônjuges são firmes em suas respectivas crenças. Também podem ser encontrados princípios norteadores para aqueles que já são casados com descrentes. Certamente, a fé que seu cônjuge tem deve ser respeitada, ao mesmo tempo que você procura apegar-se à sua própria fé.

Repare: 
I Co 7.12,16 -Mas aos outros digo eu, não o Senhor: Se algum irmão tem mulher descrente, e ela consente em habitar com ele, não a deixe.
E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe.

Porque o marido descrente é santificado pela mulher; e a mulher descrente é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos.

Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não esta sujeito à servidão; mas Deus chamou-nos para a paz.
Porque, de onde sabes, ó mulher, se salvarás teu marido? ou, de onde sabes, ó marido, se salvarás tua mulher?


I Pe 3.1,2 - SEMELHANTEMENTE, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;
Considerando a vossa vida casta, em temor.


Se nascem filhos dessa união, os pais devem discutir e entrar num acordo sobre como vão alimentar espiritualmente seus filhos, que situação!

Pelo que, pela palavra do Senhor, aconselhamos que nunca, sobre qualquer pretexto, nunca se case um
(a) crente com um(a) descrente, logo, ser de denominações diferentes, também é sempre uma terrivel dor de cabeça - Deus tem sempre razão em suas instruções - e mais nos diz: Jr 17.9 - Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?


Que o Senhor abençoe.

MARANATA

1 comentário:

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei o seu blog , que me chamou à atenção li a primeira postagem e folhe-ei mais lagumas, é um blog feito com muito entusiasmo, e dedicação, gostei do conteúdo e quero deixar os meus parabéns, quando encontro um blog bom deixo sempre um comentário e um convite.Ficarei grato se me der a honra da sua visita no meu blog O Peregrino E Servo. Se desejar seguir eu sempre vou retribuir seguindo seu blog também.
Sou António Batalha, portugues e cristão evangelico. Deixo a minha benção, e a paz de Jesus.
PS.Ao seguir meu blog faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog, para que possa segui também.

O Verdadeiro Testemunho

Adorando ao Senhor

Olá amados, que a Sabedoria da parte do Nosso Deus Trino possa conduzir nossas vidas cada vez mais perto da Graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e de forma a que possamos desfrutar do total Amor do Pai afim, afim de podermos através da infinita Comunhão com nosso Deus Espírito Santo viver dentro da Boa, Agradável e Perfeita Vontade de Deus para nossas Vidas.



Que nunca baixe ao nosso esquecimento que Deus, o nosso Soberano Deus Todo Poderoso tanto nos Amou que trabalhou em todo um projeto afim que sejamos sempre seus filhos amados.

Há momentos que aplicamos muito do nosso tempo e vida buscando uma maneira fácil para, ainda que por pouco tempo, consolar-nos e é quando nos damos conta do tanto que nos temos afastado do Senhor buscando nossos próprios interesses.

Vivendo muitas vezes longe dos nossos, e por ocasiões como em forma de alguma vingança, nos colamos a como se diz: Aproveitar a vida, quando em verdade a estamos jogando fora.

Desejamos convidar os amados em Cristo para que possam juntamente conosco, fazer este comunicado conhecido - sendo um matrímonio de Missionários Assembleanos, mas indenpendentes, estamos em Barcelona - Collblanc, España, começando um trabalho o qual é para a Glória do nosso Soberano Deus.

Lugar escolhido pelo Senhor para ali (aquí), também levantarmos uma parte do Corpo de Cristo, onde ensinamos a Verdadeira Palavra do Senhor nosso Deus, pelo qual contamos com vossa colaboração para com este trabalho a Deus.

Querendo ainda aproveitar a oportunidade, convidamos a todos que venham conhecer um pouco mais sobre nós e sobre a visão que temos da parte do Senhor visitando as postagens que temos colocado neste e nos demais Blogs que temos gerido, dos quais fazemos menção ja aqui ao lado.

E que o Senhor vos abençoem fazendo de cada palavra lida por vocês neste espaço, um verdadeiro alimento a vossas almas.

A todos os que podem, fazer conhecer este anúncio, que assim seja.

Amém


  ©Template 'Gris' by Super DicaSSS - 2010

TOPO