Olaaáa, seja ben vindo ao espaço que o Senhor nos deu, entre e esteja a vontade, por favor, deixe seu comentário e ou sugestão ou mesmo algum pedido que tenhas, certamente o responderemos com a direção do Senhor, heei, também podes fazer-te seguidor, se queres claro.

Que o Senhor o Abençoe.

Abramos óh Igreja, nossos ouvidos.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Dando Seguimento ao Grande Plano

A Chegada de Jesus Cristo

Após 70 anos de cativeiro, Deus permitiu que seu povo voltasse para Israel. Só um grupo pequeno decidiu regressar, mas tanto os judeus que voltaram como os que moravam em outros lugares continuaram a ser dirigidos por outras nações.


Quinhentos anos mais tarde, quando Roma governava Israel, dois jovens judeus, Maria e José, ambos descendentes do rei Davi, planejaram se casar. Mas antes que isso acontecesse, Maria ficou grávida por meio do Espírito Santo de Deus.

Um anjo do Senhor apareceu a José num sonho e disse-lhe: "José, não tenha medo de aceitar Maria como sua esposa, pois o nenê que ela espera foi concebido pelo Espírito Santo. Esta criança é o Filho de Deus. Quando o menino nascer, você vai lhe dar o nome de “Jesus”, que significa Salvador, porque ele salvará seu povo de seus pecados".

Tudo aconteceu exatamente como o profeta Isaías havia previsto: "O Senhor lhes dará um sinal: eis que uma virgem dará à luz um filho, e o nome dele será Emanuel, que significa “Deus conosco”.



José e Maria precisaram ir a Belém para se recensear e pagar os impostos. Enquanto estavam lá, Maria deu à luz seu primeiro filho, que foi chamado de Jesus. Assim, como foi profetizado, Jesus nasceu em Belém, e era filho de um descendente do rei Davi.

À noite, naquelas redondezas, alguns pastores tomavam conta de seus rebanhos. Um anjo de Deus apareceu, e a glória do Senhor brilhou ao redor dos pastores, que ficaram com muito medo. Mas o anjo disse: "Não tenham medo, pois tenho uma notícia maravilhosa para todas as pessoas. Hoje nasceu o Salvador, que é Cristo, o Senhor".

Jesus foi adquirindo conhecimento, e a graça de Deus estava com ele. Jesus foi crescendo, tornado-se cada vez mais sábio e era amado por Deus e pelas pessoas

Quando Jesus estava com mais ou menos 30 anos, um homem chamado João Batista começou a pregar e a batizar no deserto, dizendo: "Arrependam-se. Preparem-se para o Senhor".


João era o mensageiro que os profetas tinham dito que anunciaria a vinda do Salvador. Jesus foi até o rio Jordão para ser batizado por João. Quando João viu Jesus, ele anunciou: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo".

Após ter sido batizado, Jesus saiu imediatamente da água. Os céus se abriram e o Espírito de Deus desceu como uma pomba e brilhou sobre ele. Uma voz vinda do céu declarou: "Este é o meu filho amado. Estou muito feliz com ele".

Jesus passou 40 dias no deserto, e depois disto Satanás, que havia conseguido enganar Eva no Jardim do Éden, quis tentar Jesus - mas Jesus não pecou.

Por fim, Satanás levou Jesus a um monte bem alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, com todas as suas riquezas, e prometeu: "Eu lhe dou tudo isto, se você se ajoelhar e adorar-me".

Jesus respondeu: "Fique longe de mim, Satanás, porque Deus escreveu: 'Vocês adorarão o Senhor seu Deus, e só a ele servirão'".

Enquanto estava no mundo, Jesus, o filho de Deus, viveu em forma de homem, e foi tentado do mesmo jeito que nós somos. No entanto, ele nunca pecou.

Jesus foi bem sucedido naquilo em que Adão fracassou. Isto mostra que Jesus podia mesmo ser o Salvador da humanidade, o cordeiro mandado por Deus.

Jesus mostrou de várias maneiras, incluindo a realização de incontáveis milagres, que era o Salvador prometido. Numa festa de casamento, ele transformou a água em vinho. Um dia ele curou um homem que era aleijado há 38 anos.


Um leproso - que precisava viver afastado de todo mundo - viu Jesus e, ajoelhando-se, disse: "O senhor pode me curar; é só querer.".

Jesus tocou no homem e falou: “Fique limpo”. Imediatamente a lepra desapareceu.

Em outra ocasião, Jesus fez um cego de nascença enxergar.

Uma mulher, que sofria de uma doença que os médicos não conseguiam curar, tocou o manto de Jesus. Ele olhou para ela e disse: "Tudo bem, filha. Sua fé curou você. Vá em paz".

Inúmeras pessoas, com diferentes tipos de doenças, foram levadas a Jesus, e ele curou todas elas.

Jesus escolheu 12 homens para que o seguissem. Ele lhes deu poder e autoridade sobre o mal. Os 12 discípulos foram enviados a pregar sobre o reino de Deus e a curar os enfermos.

Jesus ficou conhecido por todos os lugares, e grandes multidões se juntavam para ouvir seus ensinos e ser curadas também.


Certa vez, 5.000 pessoas se reuniram e não tinham o que comer. Jesus pegou o lanche de um menino - pão e peixe - e fez uma oração. O lanche do garoto foi multiplicado de modo milagroso; todas as pessoas foram alimentadas, e ainda sobraram 12 cestos cheios.

Mesmo assim, as pessoas continuavam pedindo mais provas de que Jesus tinha mesmo vindo de Deus; e disseram: "Nossos antepassados comeram maná lá no deserto. Está registrado nas Escrituras que ele mandou pão do céu para o povo comer."

Jesus respondeu: "O pão de Deus é aquele que veio do céu e dá vida ao mundo".

Eles pediram: "Senhor, dá-nos sempre deste pão".

Jesus respondeu: "Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim nunca terá fome. Quem crer em mim nunca terá sede". Jesus disse que sofreria muito e seria desprezado pelos líderes religiosos; que seria morto mas ressuscitaria no terceiro dia.

Muitos líderes religiosos e políticos rejeitaram os ensinos de Jesus. No entanto, um deles, um fariseu chamado Nicodemos, foi procurá-lo à noite, pois queria conhecer a verdade.

Jesus explicou-lhe: "Se a pessoa não nascer de novo, não poderá ver o reino de Deus".

Nicodemos perguntou: "Como um homem pode nascer de novo se já é velho? Ele poderá entrar no ventre de sua mãe pela segunda vez e nascer de novo?"

Jesus explicou: "Quem nasce da carne é carne, e quem nasce do Espírito é espírito. Não fique admirado de eu ter dito que você precisa nascer de novo".

Nicodemos perguntou: "Como pode acontecer isso?"

Jesus o repreendeu porque ele dava aulas de religião, mas não entendia as verdades espirituais. Então Jesus falou sobre o nascimento espiritual, dizendo: " Deus amou tanto o mundo que deu seu único Filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.


Deus não mandou seu Filho condenar o mundo, mas salvar o mundo.

A verdadeira condenação é a seguinte: a luz veio ao mundo, no entanto as pessoas amaram mais as trevas do que a luz, pois faziam o que era errado. Quem crê no Filho tem a vida eterna; quem não crê no Filho não viverá, mas a ira de Deus ficará sempre sobre ele."

Finalmente Nicodemos entendeu e creu.
A uma mulher estrangeira, Jesus disse: "Quem beber a água que eu dou nunca mais terá sede; dentro da pessoa, esta água se transformará num poço que jamais secará".


A mulher disse: "Eu sei que o Messias virá, e será chamado de Cristo. Quando vier, ele vai nos explicar tudo".

Jesus declarou: "Eu sou o Messias".

Mais tarde, Jesus falou com outras pessoas: "Se alguém quiser me seguir, vai ter que negar a si mesmo. Qual é a vantagem se uma pessoa conseguir muitas riquezas neste mundo, mas perder sua alma?

Cuidado! Não sejam gananciosos. A vida não é feita de bens materiais em grande quantidade. Onde estiver seus pertences, ali estará também o coração de vocês".

Os sacerdotes principais e alguns líderes religiosos se reuniram para conversar: "Temos que fazer alguma coisa! Este homem está fazendo muitos milagres. Se deixarmos que continue, todo mundo vai acreditar nele, e os romanos vão tirar de nós o poder de controlar as pessoas".

Enquanto isso, Jesus ensinava com grande autoridade. Ele foi ao templo e expulsou as pessoas que negociavam lá dentro, e disse-lhes: "As Escrituras afirmam o seguinte: 'Minha casa é uma casa de oração, mas vocês a transformaram num covil de ladrões.'"


E ensinou dizendo: " A vontade daquele que me enviou é que todos os que crêem no Filho tenham a vida eterna, e eu ressuscitarei os que crêem. Mas alguns de vocês não crêem". Desde o começo Jesus sabia quem não cria nele e quem iria traí-lo.

As opiniões se dividiam a respeito de Jesus. Alguns líderes religiosos criam nele, mas por causa dos fariseus não confessavam isso publicamente, pois tinham medo de ser expulsos do lugar onde cultuavam. Preferiam agradar mais aos homens do que a Deus

Amaioria dos líderes religiosos viviam procurando um jeito de destruir Jesus, mas não conseguiam, pois o povo estava sempre ansioso para ouvi-lo falar.

Jesus continuava ensinando no templo, dizendo: "Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não caminha nas trevas, mas tem a luz da vida."

Jesus disse a quem acreditava nele: "Se vocês viverem do jeito que estou ensinando, serão meus discípulos de verdade. Conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. Se o Filho os libertar, vocês serão livres mesmo. Eu sou a porta. Quem entra por mim será salvo. Eu sou o Bom Pastor. Minhas ovelhas conhecem a minha voz, e me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; elas nunca morrerão, e ninguém jamais as arrancará de minhas mãos".


Depois de passar três anos ensinando os discípulos, Jesus pediu que lhe trouxessem um jumentinho que nunca havia sido montado. Cristo subiu no animal e rumou para Jerusalém. Uma grande multidão se juntou a ele. As pessoas se alegravam e, em voz alta, louvavam a Deus pelas coisas poderosas que haviam visto.

Todos louvavam: "Hosana! Bendito o Rei que vem em nome do Senhor. Paz na terra, e glória nas alturas".

Perto de Jerusalém, Cristo olhou a cidade e chorou porque seus habitantes ainda não o aceitavam como o Salvador prometido.

Satanás tomou conta de Judas Iscariotes, um dos doze discípulos, e ele tramou com os principais sacerdotes e com os capitães da guarda como iria trair Jesus. Eles ficaram satisfeitos, e concordaram em dar a Judas 30 moedas de pratas pela informação sobre a hora e o lugar em que poderiam prender Jesus, sem que houvesse muita gente por perto


Jesus sabia que havia chegado a hora de morrer e, então, reuniu os discípulos para a celebração da Páscoa. Enquanto comiam, Jesus pegou o pão, abençoou-o, partiu-o, distribuiu-o entre os discípulos e disse: "Peguem e comam. Isto é o meu corpo, que será entregue por causa de vocês. Façam isto sempre, para se lembrarem de mim".

Depois, Jesus pegou um cálice de vinho, orou agradecendo, e passou-o entre os discípulos; todos beberam. Jesus lhes disse: "Este é o meu sangue, sangue da nova aliança, que é derramado em favor de muitos para o perdão dos pecados. Porém lhes digo que não beberei mais do fruto da vinha até o dia em que o beber junto com vocês no reino de meu Pai".


Jesus disse: "Não fiquem preocupados. Vocês crêem em Deus; creiam também em mim. No reino de meu Pai há muitas mansões; vou preparar um lugar para vocês lá. Depois que tudo estiver preparado, voltarei e levarei vocês, para que morem lá comigo. Vocês sabem para onde estou indo e sabem como chegar lá".

Tomé perguntou: "Como podemos conhecer o caminho, se não sabemos para onde o senhor vai?"

Jesus respondeu: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém chega ao Pai a não ser por mim".

Naquela noite, Jesus avisou os discípulos que haveria dificuldades pela frente. "Se as pessoas odiarem vocês, lembrem-se de que elas me odiaram primeiro. Quem me odeia também odeia o Pai

 

Seguiremos.

MARANATA

1 comentário:

A Tua palavra é A Verdade ! disse...

Olá Jânio Washington Mendonça, graça e paz.

Obrigado por enviar o link, será muito útil.

Escrevi um artigo com o titulo "que queres que te faça', http://iveraldopereiragmail.blogspot.com/2011/05/que-queres-que-te-faca-lucas-1841.html
, neste texto eu falo sobre o amor de Deus, é muito parecido com o seu, é impressionante com o SENHOR fala com seu povo.

Seu conservo,
Iveraldo Pereira.

O Verdadeiro Testemunho

Adorando ao Senhor

Olá amados, que a Sabedoria da parte do Nosso Deus Trino possa conduzir nossas vidas cada vez mais perto da Graça de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e de forma a que possamos desfrutar do total Amor do Pai afim, afim de podermos através da infinita Comunhão com nosso Deus Espírito Santo viver dentro da Boa, Agradável e Perfeita Vontade de Deus para nossas Vidas.



Que nunca baixe ao nosso esquecimento que Deus, o nosso Soberano Deus Todo Poderoso tanto nos Amou que trabalhou em todo um projeto afim que sejamos sempre seus filhos amados.

Há momentos que aplicamos muito do nosso tempo e vida buscando uma maneira fácil para, ainda que por pouco tempo, consolar-nos e é quando nos damos conta do tanto que nos temos afastado do Senhor buscando nossos próprios interesses.

Vivendo muitas vezes longe dos nossos, e por ocasiões como em forma de alguma vingança, nos colamos a como se diz: Aproveitar a vida, quando em verdade a estamos jogando fora.

Desejamos convidar os amados em Cristo para que possam juntamente conosco, fazer este comunicado conhecido - sendo um matrímonio de Missionários Assembleanos, mas indenpendentes, estamos em Barcelona - Collblanc, España, começando um trabalho o qual é para a Glória do nosso Soberano Deus.

Lugar escolhido pelo Senhor para ali (aquí), também levantarmos uma parte do Corpo de Cristo, onde ensinamos a Verdadeira Palavra do Senhor nosso Deus, pelo qual contamos com vossa colaboração para com este trabalho a Deus.

Querendo ainda aproveitar a oportunidade, convidamos a todos que venham conhecer um pouco mais sobre nós e sobre a visão que temos da parte do Senhor visitando as postagens que temos colocado neste e nos demais Blogs que temos gerido, dos quais fazemos menção ja aqui ao lado.

E que o Senhor vos abençoem fazendo de cada palavra lida por vocês neste espaço, um verdadeiro alimento a vossas almas.

A todos os que podem, fazer conhecer este anúncio, que assim seja.

Amém


  ©Template 'Gris' by Super DicaSSS - 2010

TOPO